Blog icon

Painel debate benefícios da sustentabilidade para os negócios das construtoras

10

As vantagens da sustentabilidade para os negócios no setor da construção civil serão tema de uma série de apresentações promovidas pela Comissão de Meio Ambiente (CMA) da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), em correalização com o SENAI Nacional, nesta terça-feira (27). Eficiência energética será um dos temas principais a serem debatidos.

A programação faz parte das palestras da reunião ordinária da CMA. O evento será na sede do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Distrito Federal (Sinducon-DF), das 14 às 17 horas. Associados devem preencher um formulário online para confirmar presença.

Em um dos painéis, o sócio-diretor da Petinelli, Guido Petinelli, apresentará cases de empreendimentos Net Zero Energia e Net Zero Água. Serão discutidas estratégias para vencer barreiras econômicas, além de estudos de viabilidade e resultados econômicos essenciais para convencimento dos clientes adotarem as estratégias de eficiência nas edificações.

“Nunca foi tão acessível construir um prédio com eficiência energética e vamos compartilhar um pouco da nossa experiência, mostrando como com poucos investimentos já é possível chegar lá”, adianta Petinelli.

A seguir, o presidente da New Inc. Construtora e Incorporadora, Claudio Carvalho, abordará o premiado projeto Terra Mundi, que implementa sistemas de eficiência energética, redução de consumo de água e resíduos, como também soluções integradas para humanizar as edificações.

O empresário enfatiza a importância do assunto. “Não tem mais jeito de pensar em construção, sem tratar de forma consciente do uso de água e energia e da destinação do lixo. O planeta precisa que a forma em que os recursos humanos e naturais são usados seja modificada”, defende Carvalho.

A programação conta, ainda, com uma apresentação sobre o Selo Azul da Caixa Econômica Federal, a cargo do superintendente do órgão, Henrique Marra e um debate sobre segurança jurídica do Licenciamento Ambiental pelo novo sistema do IBAMA: Sistema Nacional de Controle da Origem dos Produtos Florestais (Sinaflor).

No fim do evento, também será exposto o balanço da missão brasileira no congresso internacional Smart City, que ocorreu em Barcelona na semana passada, trazendo experiências e tendências.